Estadual

Agências do Trabalhador vão intermediar 5 mil vagas

Publicados

em

A coordenação do Departamento do Trabalho e Estimulo à Geração de Emprego e Renda da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, está alinhando com a diretoria de Recursos Humanos da indústria de alimentos Frimesa o recrutamento e a captação das 5 mil vagas de emprego que serão abertas em 2020 com a instalação de novas unidades frigoríficas no município de Assis Chateaubriand, Oeste paranaense.

“Estamos ajustando com empresas e representantes das Agências do Trabalhador a distribuição das vagas nas Agências do Trabalhador de Assis Chateaubriand e da região para o segundo semestre do próximo ano”, disse o chefe do Departamento do Trabalho, Eder Colaço.

PARCERIAS – Neste ano, a Secretaria colocou em prática um formato proativo de captação de vagas a serem intermediadas pelas Agências do Trabalhador de todo o Estado.

Os técnicos do Departamento Estadual do Trabalho já se reuniram, desde o início da gestão, com diversas empresas e em vários municípios com o objetivo de aumentar a oferta de vagas de empregos. “Estamos indo até as empresas e firmando novas parcerias e colocamos as Agências do Trabalhador à disposição para intermediar a seleção de pessoal, para gerar mais emprego e renda ao nosso Estado”, disse o secretário Ney Leprevost.

Leia Também:  Sanepar retira mais áreas de Curitiba e RMC o rodízio deste sábado

Como resultado desse trabalho, o Paraná liderou em outubro o ranking nacional de vagas ofertadas nas Agências do Trabalhador em relação ao número de inscritos em busca de emprego.

Segundo dados da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério da Economia, 15 mil vagas foram oferecidas em todo o Estado para aproximadamente 12,8 mil trabalhadores inscritos – ou seja, foi o único estado brasileiro com mais vagas abertas do que o número de trabalhadores buscando colocação no período.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Paraná tem mais 2.380 infectados e 34 mortes pela Covid-19

Publicados

em

Por


.

A Secretaria de Estado da Saúde registrou neste sábado (4) 2.380 novas confirmações e 34 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma agora 30.241 casos e 749  mortos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.  

INTERNADOS – Atualmente, 746 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Do total, 585 pacientes ocupam leitos SUS (216 em UTI e 369 em leitos clínicos/enfermaria) e 161 estão em leitos da rede particular (61 em UTI e 100 em leitos clínicos/enfermaria).

ÓBITOS – O boletim divulgado pela secretaria estadual informa a morte de mais 34 pacientes. São 14 mulheres e 20 homens, com idades que variam de 21 a 87 anos. Todos estavam internados e os óbitos ocorreram entre os dias 03 de junho a 04 de julho.

Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (4), Londrina (4), São José dos Pinhais (4), Campo Largo (2), Cascavel (2), Fazenda Rio Grande (2). E um óbito em cada um dos seguintes municípios: Apucarana, Araucária, Assaí, Balsa Nova, Bandeirantes, Cambara, Cambé, Carambeí, Cerro Azul, Colombo, Francisco Alves, Matinhos, Paranaguá, Piraquara, Ponta Grossa e Santo Antônio da Platina.

Leia Também:  Sanepar vai investir R$ 145 milhões em Guarapuava

MUNICÍPIOS – Quatro municípios confirmaram casos pela primeira vez: Barra do Jacaré (19° RS), Nova Cantu (11° RS), Nova Santa Rosa (20° RS) e Novo Itacolomi (16° RS), totalizando agora 367 cidades paranaenses com ao menos um caso confirmado pela Covid-19.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento realizado pelos órgãos de saúde registra 329 casos de infecção em residentes de fora do Paraná. Quatorze pessoas morreram.

AJUSTES:

Alteração de município:

Um caso confirmado em 19/06 em Londrina foi transferido para Cambé.

Um caso confirmado em 29/06 em Cidade Gaúcha foi transferido para Curitiba.

Quatro casos confirmados em 25/6 em Cascavel foram para: São Paulo, Porto Alegre, Cafelândia e Quedas do Iguaçu.

Quatro casos confirmados em 27/6 em Cascavel foram para: São Miguel do Iguaçu, Santa Tereza do Oeste, Toledo e Assis Chateaubriand.

Dois casos confirmados em 29/6 em Cascavel foram para: Vera Cruz do Oeste e Santa Helena.

Três casos confirmados em 30/6 em Cascavel foram para: Foz do Iguaçu, Quedas do Iguaçu e Toledo.

Leia Também:  Pesca está liberada nas bacias do Paraná

Dois casos confirmados em 02/7 em Cascavel foram para: Corbélia e Santa Tereza do Oeste.

Um caso confirmado em 02/7 em Irati foi transferido para Itaperuçu.

Um caso confirmado em 16/06 em Curitiba foi transferido para Fazenda Rio Grande.

Exclusão por duplicidade

Um caso confirmado em 23/6, em Enéas Marques, foi excluído por duplicidade de notificação.

Confira o informe completo clicando aqui.  

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo