Tecnologia

10 animações com remake em live action no Disney+

Publicados

em


source

Tecnoblog

disney+
Unsplash/Marques Kaspbrak

Disney+ tem diversos filmes live action

Com animações que se tornaram clássicas em todo o mundo, há alguns anos a Disney tem apostado em versões realistas de suas produções. Para você que quer matar a saudade dessas histórias ou até mesmo conhecê-las pela primeira vez, reunimos aqui 10 animações com remake em live action no Disney+ . Confira essa seleção e divirta-se!

Animações com remake em live action [Disney+]

1. Aladdin

Aladdin, animação de 1992 que se passa no Oriente Médio, ganhou uma versão live action em 2019. Seu enredo conta a história de um pobre rapaz, apaixonado pela princesa Jasmine, que ao se deparar com uma lâmpada mágica, conhece um gênio que pode realizar três dos seus desejos.

  • Direção: Guy Ritchie
  • Ano: 2019
  • Elenco: Will Smith, Mena Massoud e Naomi Scott

2. A Bela e a Fera

Inspirada em um conto de fadas, a animação A Bela e a Fera chegou a ser indicada ao Oscar de melhor filme. Seu remake de 2017 recria a história da inteligente e doce Bela, uma garota que se torna prisioneira de uma Fera, mas que aos poucos descobre sua verdadeira identidade.

  • Direção: Bill Condon
  • Ano: 2017
  • Elenco: Emma Watson e Dan Stevens

3. A Dama e o Vagabundo

Musical de 1955, A Dama e o Vagabundo ganhou uma sequência em 2001 e uma versão em live action em 2019. Em sua trama, acompanhamos uma cadelinha muito amada pelos donos, mas que se sente rejeitada com a chegada de um bebê. Isso, até ela encontrar conforto na companhia de um vira-lata durão e aventureiro.

  • Direção: Charlie Bean
  • Ano: 2019
  • Elenco: Tessa Thompson e Justin Theroux (vozes)

4. Dumbo

Leia Também:  Belo Horizonte testa serviço de ônibus sob demanda, pedido por aplicativo

Dumbo também está entre as animações com remake em live action no Disney+ . Originalmente de 1941, sua versão adaptada de 2019 reconta a história de um elefantinho de circo ridicularizado pelas suas enormes orelhas, mas que consegue voar.

  • Direção: Tim Burton
  • Ano: 2019
  • Elenco: Colin Farrell e Danny DeVito

5. Cinderela

Um dos grandes clássicos do estúdio, Cinderela foi lançado em 1950. Sua versão live action , no entanto, é de 2015, e mostra uma órfã criada com desprezo por sua madrasta e meia-irmãs, mas que conta com a ajuda de sua fada madrinha para mudar sua história.

  • Direção: Kenneth Branagh
  • Ano: 2015
  • Elenco: Lily James e Richard Madden

6. 101 dálmatas

Animação de 1961, 101 Dálmatas ganhou uma versão com cachorrinhos reais em 1996. No longa, quando um casal de dálmatas tem 99 filhotes, a vilanesca Cruella de Vil tenta sequestrá-los de seus donos para fazer o casaco dos seus sonhos.

  • Direção: Stephen Herek
  • Ano: 1996
  • Elenco: Glenn Close

7. O Rei Leão

Um dos maiores sucessos da Disney , O Rei Leão é de 1994 e seu remake em CGI de 2019. Sua história acompanha Simba , um leãozinho que foge de seu reino após a morte do pai, mas que, ajudado pelos seus amigos Timão e Pumba, volta para ocupar seu lugar.

  • Direção: Tim Burton
  • Ano: 2019
  • Elenco: Colin Farrell e Danny DeVito

8. Alice no País das Maravilhas

Leia Também:  WhatsApp: mais de 450 mil brasileiros tiveram o aplicativo clonado em outubro

Lançada em 1951, Alice no País das Maravilhas teve uma adaptação em 2010 e uma sequência em 2016. No filme, uma garotinha segue um coelho, cai em uma toca e vai parar em um mundo mágico, onde além de um chapeleiro maluco, há animais falantes e uma rainha tirana.

  • Direção: Tim Burton
  • Ano: 2010
  • Elenco: Mia Wasikowska e Johnny Depp

9. Mogli – O Menino Lobo

Baseada em um livro homônimo, Mogli – O Menino Lobo é uma animação de 1967. Seu live action, de 2016, conta a história de um garotinho criado por lobos, mas que ameaçado por um tigre, precisa abandonar sua matilha e partir em busca de uma aldeia de humanos.

  • Direção: Jon Favreau
  • Ano: 2016
  • Elenco: Neel Sethi e Scarlett Johansson

10. Malévola

De 2014, Malévola é um remake de A Bela Adormecida (animação de 1959), feito com adaptações e foco em outra personagem. Na trama, Malévola lança uma maldição sobre a bebê Aurora, mas quando ela cresce, ambas desenvolvem uma curiosa relação, que faz a vilã se abrir sobre seu passado.

  • Direção: Robert Stromberg
  • Ano: 2014
  • Elenco: Angelina Jolie e Elle Fanning

Vale ressaltar que Mulan , animação de 1998 de uma jovem chinesa que se veste de homem para lutar na guerra, também ganhou um live action em 2020. Seu filme, no entanto, apenas estará disponível na plataforma a partir de 04 de dezembro de 2020.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

Saiba como usar as ferramentas da Sincronização Familiar do TikTok

Publicados

em

Por


source

Tecnoblog

undefined
Brbara Chieregate

Como usar as ferramentas da Sincronizao Familiar do TikTok

O recurso Sincronização Familiar do TikTok foi criado para tranquilizar os pais preocupados com a atividade dos filhos adolescentes na rede social. Em suma, ele permite que os pais vinculem a conta à do filho para definir configurações de conteúdo e privacidade. Saiba como ativar a Sincronização Familiar e entenda quais são os controles que ela cria para o TikTok de membros da família.

Como ativar a Sincronização Familiar

  1. Abra o aplicativo do TikTok no seu dispositivo móvel Android ou iOS (iPhone ou iPad);
  2. Toque em “Eu”, último ícone do menu inferior;
  3. No seu perfil, toque em “Configurações” (os três pontinhos do canto superior direito);
  4. Vá em “Sincronização Familiar”, abaixo da categoria “Conteúdo e Atividade”;
  5. Toque em “Continuar”;
  6. Selecione quem está usando a conta do TikTok — no caso, pai ou mãe — e toque em “Avançar”;
Ativar a Sincronização Familiar no TikTok (Imagem: Reprodução/TikTok)

Ativar a Sincronização Familiar no TikTok (Imagem: Reprodução/TikTok)

Depois disso, será necessário ativar o recurso na conta do adolescente. Siga essas etapas:

  1. Faça login na conta do seu filho;
  2. Vá até o perfil, toque em “Configurações” (os três pontos do canto superior direito) > “Sincronização Familiar”;
  3. Selecione “Adolescente”;
  4. Digitalize o QR code para vincular as contas.
Leia Também:  PayPal afirma que 17% de seus usuários já compraram Bitcoin

O que posso controlar no TikTok da família?

Os controles abaixo serão ativados com a Sincronização Familiar. Você poderá limitar os seguintes recursos na conta do seu filho:

  • Pesquisar : você escolhe se ele pode pesquisar conteúdo, usuários, hashtags ou sons
  • Gerenciamento do tempo de tela : definir quanto tempo ele pode passar por dia no TikTok;
  • Modo restrito : limitar os vídeos que aparecem na aba “Para Você” que podem não ser apropriados para todos os públicos;
  • Comentários : decidir quem pode comentar os vídeos dele (todos, apenas amigos ou ninguém);
  • Detectabilidade : decidir se a conta dele é privada (apenas algumas pessoas podem ver o conteúdo postado) ou pública (qualquer usuário do TikTok poderá pesquisar e ver o conteúdo);
  • Vídeos de que gostou : algumas pessoas têm o costume de encontrar novos vídeos para assistir procurando o que seus amigos ou outras pessoas que elas seguem também gostaram. Esse controle permite que as famílias decidam se outros podem ver a lista de vídeos que seu filho gostou;
  • Mensagens diretas (DMs) : restringir quem pode mandar mensagens diretas para aquela conta ou desativar completamente as DMs.
Leia Também:  Saiba como usar as ferramentas da Sincronização Familiar do TikTok

Além desta opção do último item, o TikTok também tem outras políticas e controles de mensagens. Algumas delas:

  • As mensagens diretas são desativadas automaticamente para menores de 16 anos;
  • Apenas os seguidores aprovados podem enviar mensagens uns aos outros;
  • Imagens e vídeos não podem ser enviados em mensagens.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo