Cidades

Tio suspeito de espancar criança de dois anos que morreu em Cruzeiro do Oeste

Publicados

em

Nesta quarta-feira, 12, por volta das 20h00min, uma criança com sinais de espancamento chegou no Hospital de Cruzeiro do Oeste. A criança estava em estado grave e a equipe médica tentou reanimá-la, porém a mesma veio a falecer no local.
A criança morava com os tios dela, os quais possuíam sua guarda. Sua tia foi ao mercado e quando voltou encontrou a criança desfalecida em casa, logo acionou a equipe do SAMU, os quais levaram a vítima ao hospital.
Foi relatado que a criança estava com o tio, por isso a suspeita do mesmo e de posse das características do principal suspeito, homem de 28 anos, a equipe policial iniciou patrulhamento pela cidade a fim de localizá-lo, quando por volta das 20h45min efetuaram abordagem desse indivíduo.
Não houve confissão e nem há provas que atribuam a autoria do fato com certeza ao suspeito, visto que para a confirmação do espancamento é necessário também uma perícia e segundo informações trata-se de uma criança de 2 a 3 anos de idade. De acordo com as autoridades o Tio será atuado em flagrante.

Leia Também:  Mulher leva tiro que seria para o filho dela em Mamborê

Fonte: Cidade Portal

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Criança de 11 anos morre após tiro acidental em Apucarana

Publicados

em

Uma tragédia aconteceu na tarde de domingo, 23, em Apucarana, quando uma criança de apenas 11 anos morreu após ser baleada.
O menino teria sido atingido por um tiro acidental enquanto brincava com um adolescente de 15 anos. A vítima estava na casa do garoto. A arma seria um revólver calibre 38. O caso aconteceu no Residencial Solo Sagrado. O menino chegou a ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento, porém não resistiu aos ferimentos. A polícia investiga o caso. A arma seria de um vigilante.
Segundo o investigador Roberto Francisco, chefe do setor de homicídios, após o crime o adolescente deixou o local. “Nós estamos ouvindo testemunhas, fomos até o local onde ocorreu o disparo e eles estariam sozinhos na casa. O menino que morreu, tinha o costume de ir na casa do adolescente para jogar.
“Nós queremos descobrir como essa arma apareceu na casa do adolescente. A princípio após o disparo o adolescente ficou com medo e deixou o local. Na casa morava ele a mãe e irmãos. Estamos investigando,” finaliza Roberto.

Leia Também:  Ladrão é preso após arrombar CMEI e furtar carne da merenda em Campo Mourão


Fonte: Cobranews

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo