Estadual

Saúde envia vacina contra a gripe para os municípios

Publicados

em

.

A Secretaria de Estado da Saúde começou nesta quinta-feira (26) o envio da terceira remessa de doses da vacina contra a gripe para as 22 Regionais de Saúde do Estado. A Secretaria recebeu, no começo da tarde, mais um lote com 368 mil doses vindas do Ministério da Saúde e, imediatamente, já iniciou o processo de encaminhamento para a distribuição entre os municípios.

“Agilizamos ao máximo os procedimentos de entrada e envio das vacinas para que todos os municípios recebam o mais rápido possível as novas doses”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Reforçamos ainda junto às Regionais de Saúde para que apoiem os municípios nesta importante campanha de imunização contra a gripe”, afirmou.

O Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) é o setor responsável pela estratégia de entrega das doses. “Contamos ainda com o apoio do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas, que disponibilizou o helicóptero para transportar as vacinas para algumas localidades e este auxílio é fundamental neste momento”, destacou Beto Preto.

Leia Também:  Obras e melhorias em rodovias paranaenses somam R$ 600 milhões

O helicóptero decolou nesta quinta-feira para fazer a rota de Pato Branco, Cascavel, Francisco Beltrão e Foz do Iguaçu. Nesta sexta-feira (27), o percurso prevê a entrega em Maringá, Londrina e Guarapuava. Caminhões refrigerados do Cemepar levarão as vacinas para demais regionais.

A distribuição das 368 mil doses é feita de acordo com o quantitativo da população-alvo a ser vacinada e que foi projetada antecipadamente pelos municípios e Regionais de Saúde. A Central de Vacinas do município de Curitiba recebe nesta nova remessa 60 mil doses e a Regional de Saúde de Curitiba, mais 36 mil. A Regional de Londrina também terá neste envio 36 mil doses.

As regionais de Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu receberão 24 mil; a de Ponta Grossa e de Toledo, 16 mil doses; as regionais de Guarapuava, Pato Branco, Francisco Beltrão, Campo Mourão, Umuarama, Paranavaí, Apucarana e Jacarezinho receberão, 12 mil doses cada uma; as regionais de Paranaguá e de Cornélio Procópio receberão 8 mil unidades da vacina; e as de Irati, União da Vitória, Cianorte, Telêmaco Borba e de Ivaiporã terão 4 mil unidades por Regional.

Leia Também:  Saúde confirma quarta morte no Paraná por coronavírus

CAMPANHA – Nesta etapa, que começou no dia 23, e segue até 16 de abril, a Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza tem como foco a vacinação de idosos, com mais de 60 anos, e trabalhadores da área da saúde. Os municípios realizam as ações locais para vacinação.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Saúde confirma quarta morte no Paraná por coronavírus

Publicados

em

.

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou a quarta morte por coronavírus no Paraná nesta quinta-feira (2). O paciente era um homem de 72 anos, residente em Campo Mourão. Ele estava internado desde o dia 28 de março e morreu dia 31 em um hospital da região. Este caso não havia sido notificado pelo município para a Secretaria até este momento.

O boletim também registra 29 novos casos confirmados nos municípios de Palmeira (1), Curitiba (5), Mandirituba (1), Leópolis (1), Cornélio Procópio (1), Maringá (3), Terra Boa (1), Londrina (1), Cianorte (3), Cascavel (3), Telêmaco Borba (1), Paranavaí (1), São Manoel do Paraná (1), Campo Mourão (4), Campo Largo (1) e Marechal Cândido Rondon (1). Os pacientes são 17 homens e 12 mulheres com idades entre 23 e 90 anos.

PARANÁ – O Estado já tem 258 casos confirmados. Destes, quatro óbitos, e seis não residem no Paraná –, 3.848 descartados, 638 em investigação.

De todos os casos confirmados, seis têm idades de 0 e 20 anos; 100 de 21 a 40; 89 de 41 a 60; 54 de 61 a 80; cinco acima de 80 e quatro não foram informados. A maioria dos pacientes são homens (135).

Leia Também:  Governo convoca profissionais da saúde aprovados em concurso

O município com o maior número de confirmações é Curitiba (99), seguido por Londrina (27), Cascavel e Maringá (13 cada).
ALTERAÇÕES – Três casos já confirmados em Curitiba foram transferidos para os municípios de Paranaguá, Ponta Grossa e São Paulo. De acordo com as investigações das secretarias municipais, os pacientes não residem na Capital.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo