Geral

Policiais relatam como combateram pornografia infantil na internet

Publicados

em

Em artigo publicado na revista científica Nature três policiais federais apresentaram as estratégias usadas para o combate às redes de pornografia infantil. O trabalho faz uma análise da Operação Darknet que investigou, de 2014 a 2016, criminosos que atuavam em diversas partes do território brasileiro e no exterior. O estudo foi desenvolvido pelos policiais Bruno Requião da Cunha, Luiz Walmocyr dos Santos Júnior e Jean Fernando Passoldem em parceria com pesquisadores da Universidade de Limerick, na Irlanda.

As redes de produção e distribuição de conteúdo envolvendo abuso de crianças e adolescentes se organizam, segundo a descrição feita pelos pesquisadores, na chamada dark web – parte da internet que necessita de ferramentas específicas para ser acessada e com maiores possibilidades de anonimato. Pelos resultados da operação da Polícia Federal, os estudiosos apontam que apesar das redes envolverem milhares de usuários, a maior parte da distribuição é feita por um pequeno número de usuários.

Redes centralizadas

Segundo o estudo, apenas 7,4% dos membros das redes efetivamente publicam conteúdo ilegal e metade dos acessos a esses vídeos e fotografias é feito por um grupo de 0,27% dos participantes da rede. Os pesquisadores ressaltam que essa é uma “diferença marcante em relação a outras redes clandestinas”.

Leia Também:  Alto-falantes inteligentes chegam ao Brasil com novas funções e riscos

Nos dois anos de investigação, a Operação Darknet identificou, de acordo com o artigo, 182 usuários da rede de distribuição de pornografia infantil com quase 10 mil membros. Com o monitoramento do fórum, foi possível solicitar mandados de busca e apreensão e prisão para alguns dos elos considerados chave no esquema.

Os pesquisadores destacam que apesar de ser uma rede “robusta”, a operação foi bem-sucedida em interromper a maior parte das atividades criminosas. Segundo o artigo, apenas 10 usuários eram responsáveis por um terço das visualizações dos conteúdos de abuso, sendo que 8 deles foram presos na ação. No cálculo final, a operação conseguiu chegar aos membros que eram responsáveis por 60% do movimento no esquema.

Edição: Denise Griesinger
Fonte: EBC Geral
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Internacional e Corinthians avançam na Copa São Paulo

Publicados

em

O Internacional e o Corinthians garantiram nesta sexta (17) a classificação para as semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior. As duas equipes jogarão entre si na próxima fase da competição em data e local que ainda serão definidos pela Federação Paulista de Futebol.

O primeiro a se classificar foi o Internacional. Jogando na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, o time gaúcho derrotou o Botafogo-SP por 2 a 0.

A vitória do colorado começou a ser construída aos 6 minutos de partida, quando Praxedes aproveitou bola que sobrou na entrada da área para bater colocado para marcar um golaço.

O segundo gol do Inter saiu ainda na primeira etapa, aos 30 minutos, quando Mazetti levantou a bola na área para gol de cabeça de Cesinha.

O adversário do colorado na semifinal da Copinha será o Cortinthians, que, jogando no estádio Lanchão, em Franca, bateu o Athletico-PR por 1 a 0.

Daniel Marcos marcou o único gol da partida, aos 27 minutos do primeiro tempo, com uma bomba de dentro da área.

Outra semifinal

A outra semifinal da Copa São Paulo será definida no próximo sábado. Ela será formada pelos vencedores de Vasco x Grêmio e de Oeste x São Paulo.

Edição: Fábio Lisboa
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Marco Lucchesi é reeleito para terceiro mandato na ABL
Continue lendo