Estadual

Polícia Civil alerta população para golpes durante a pandemia

Publicados

em

.

Com o período de restrições ao convívio social, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) alerta a população para possíveis golpes nesta época. Além da forma virtual, os estelionatários podem fazer vítimas também por telefone ou indo até a casa das pessoas.

Segundo o delegado Emmanoel Aschidamini, um dos que já vem acontecendo em outros estados do Brasil é o golpe da visita de um servidor da saúde. Pessoas que dizem ser funcionários da área da saúde chegam às residências para uma visita, perguntando quantos idosos moram no local e pedem informações como o número do RG e CPF. “Ninguém da Secretaria da Saúde faz esse tipo de levantamento. As pessoas não devem fornecer qualquer tipo de dado”, destaca Aschidamini.

O golpe do whatsapp, modalidade de estelionato em que o criminoso obtém o código PIN de segurança da vítima para poder acessar o aplicativo de mensagens, pode se intensificar com a pandemia. Uma estratégia já utilizada na internet pode se repetir. Os golpistas utilizam nomes de marcas ee varejo para lançar falsas ofertas de produtos ou descontos e telefonam para a vítima pedindo o código PIN para que a oferta possa ser transferida para ela.

Leia Também:  Seminário na Cohapar amplia conhecimento sobre metodologia BIM

Assim, conseguem ter acesso à conta de whatsapp. Geralmente, os contatos das vítimas passam a ser assediados para que transfiram dinheiro para a conta do criminoso. O delegado da PCPR orienta as pessoas a sempre buscarem as fontes oficiais das empresas ou departamentos de governo para confirmar se a informação é verdadeira.

Pedidos de doações de dinheiro para entidades filantrópicas, associações e casas de passagem também podem ocorrer na quarentena. Da mesma forma, os cidadãos devem pedir um tempo para pensar sobre o pedido e procurar confirmar através de um telefone oficial se estão de fato recendo doações.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Paraná desenvolve EaD para atender estudantes da rede estadual

Publicados

em

.

O Governo do Estado está estruturando um sistema de Educação a Distância (EaD) para atender os estudantes da rede estadual enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. A iniciativa teve ampla aceitação do Conselho Estadual de Educação (CEE), que aprovou a medida por 17 votos a favor e apenas um contrário.

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte está desenvolvendo a plataforma, que deverá ser apresentada na próxima semana. Assim, os cerca de 1 milhão de alunos da rede não terão seu processo de ensino e aprendizagem prejudicado devido ao momento delicado pelo qual o país passa.

Segundo a secretaria, o Estado está adotando dados técnicos e científicos em relação à propagação do novo coronavírus e os colégios só serão reabertos quando a situação for considerada segura pelas autoridades sanitárias.

PROTAGONISMO – Em webconferência realizada nesta quinta-feira (2), o secretário Renato Feder destacou que o professor será o protagonista nesse novo processo que está em elaboração. A ideia é gravar as videoaulas exclusivamente com docentes da rede estadual.

A solução em desenvolvimento vai permitir que haja interação entre estudantes e docentes. O professor terá liberdade para enviar materiais de estudo e links que ajudem a complementar o conteúdo e também poderão definir atividades extras a serem realizadas pelos alunos.

Leia Também:  Seminário na Cohapar amplia conhecimento sobre metodologia BIM

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo