Estadual

Polícia Civil alerta para o golpe do aluguel para o Carnaval

Publicados

em

Milhares de veranistas descem ao Litoral do Paraná para curtir o Carnaval e a procura por quartos, quitinetes e casas aumenta muito, principalmente nos últimos dias que antecedem as festas de rua. Porém, nem sempre os preços baixos e as propostas fáceis são garantia de um bom negócio.

Os estelionatários acabam se aproveitando do fator financeiro e aplicando golpes que, e alguns casos, acabam sendo descobertos só quando o locatário chega no imóvel, criando um grande transtorno e frustrando o lazer e descanso das famílias.

“A Polícia Civil orienta que as pessoas procurem empresas já conceituadas, com nome, com registro e que estejam efetivamente atuando. Geralmente indicações de conhecidos são bem-vindas. Essa é uma das formas de se evitar cair em eventuais golpes”, destacou o coordenador das atividades da Polícia Civil no Verão Maior 2019/2020, delegado Gil Tesserolli. “A pessoa que procura hospedagem de última hora pode ser alvos mais fáceis, por isso a atenção deve ser redobrada”, completa.

CREDIBILIDADE – Ainda segundo o delegado, uma das primeiras medidas é verificar a credibilidade do locador, o histórico e referências, evitando contato com desconhecidos, principalmente contatos obtidos pela Internet. Neste caso, é importante checar o endereço do imóvel, se ele realmente existe e se o local oferece todas as vantagens apresentadas pelo locador. Caso opte por fazer o contrato direto com o proprietário, verificar os dados de identificação na conta de água, luz e condomínio, para saber se os documentos estão realmente no nome do proprietário.

Leia Também:  Ilhas, trilhas e praias cristalinas formam as belezas do Rio Paraná

Um dos meios mais utilizados pelas pessoas para pesquisar imóveis são os sites de busca e aplicativos de locação, os quais merecem atenção do locatário, pois a maioria não detalha as referências do locador ou sua reputação positiva de outros locadores. A dica é buscar por pessoas que tenham referência, ou diretamente em imobiliárias que possuam credibilidade no mercado.

Caso a pessoa tome as precauções necessárias e, mesmo assim, acabe sendo vítima do golpe, deve fazer o Boletim de Ocorrência e repassar a maior quantidade possível de informações do estelionatário, para que a equipe policial possa fazer as diligências necessárias que permitam a identificação e prisão do criminoso. “As delegacias do Litoral estão abertas 24 horas por dia, as pessoas devem nos procurar o mais rápido possível para que possamos apurar os fatos”, completou o delegado Gil.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Número de óbitos por coronavírus sobe para dez no Paraná

Publicados

em

.

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou neste domingo (05) 44 novos casos e mais três óbitos por coronavírus. Dois pacientes de Campo Mourão e um de Santa Fé estavam internados com a doença e morreram neste final de semana. O Paraná soma agora 10 óbitos e 445 casos confirmados.

Uma mulher de 84 anos e um homem de 59, residentes de Campo Mourão, tiveram a confirmação de Covid-19 durante a semana e morreram no sábado. Uma mulher de 79 anos que morava em Santa Fé e estava internada em Maringá foi diagnosticada e faleceu ainda neste domingo (05).

Os novos casos foram registrados em Cascavel (6), Curitiba (18), Arapongas (2), Assis Chateaubriand (1), Telêmaco Borba (2), Medianeira (1), Balsa Nova (1), Campo Largo (1), Arapongas (3), Paranaguá (1), Campo Mourão (2), Maringá (2), Londrina (1), Sertaneja (1), Santa Fé (1) e Pinhais (1).

PARANÁ – O Estado soma 445 casos confirmados – destes, 10 óbitos e seis pacientes que não residem no Paraná –, 4.781 descartados e 183 em investigação.

Leia Também:  Governo entrega 32º Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia

Dos 77 pacientes internados, 47 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 30 em leitos clínicos.

ÓBITOS – Os 10 óbitos confirmados até agora são dos municípios de Cascavel (1), Campo Mourão (3), Cianorte (1), Maringá (2), Santa Fé (1), Londrina (1) e Quatiguá (1).

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo