Cidades

Motorista morre em acidente durante ultrapassagem entre Campo Mourão e Farol

Publicados

em

Um acidente ocorrido por volta das 15h15 desta quarta-feira, na rodovia BR 272, entre Campo Mourão e Farol provocou a morte do motorista de uma pick-up Fiat Strada, com placas Mercosul (Campo Mourão). A vítima, Deocleciano Dadamo Carneiro, de 76 anos, morreu no local.
O acidente envolveu ainda uma carreta carregada com soja, que seguia sentido Farol/Campo Mourão e um GM/Vectra, placas de Campo Mourão. Segundo as informações, o motorista da Strada saiu para ultrapassar um comboio de carretas em local proibido, mas na direção contrária vinha o Vectra – sentido Campo Mourão/Farol.
Sem tempo de desviar, ele bateu na lateral do Vectra, perdeu o controle e ainda se chocou no para-choque da carreta. Na sequência o veículo saiu da pista, bateu no barranco e capotou, próximo à entrada da Pousada A Fazendinha. A motorista do Vectra, Maria dos Anjos Santiago da Silva, 50 anos, disse que o susto foi grande.
“Ainda sai para o acostamento para tentar evitar o choque, mas ele bateu na lateral do meu carro. Foi um susto muito grande, pois estávamos em cinco no carro e ninguém ficou ferido”, diz ela.
O motorista da carreta, carregada com 57 toneladas de soja, Geraldo Ermeg, 61 anos, também lamentou a tragédia. “Infelizmente ele vinha correndo muito e tentando ultrapassar em local proibido. Tirei para o acostamento, mas ele bateu no Vectra, perdeu o controle e bateu no meu para-choque”, relatou o motorista do caminhão.
Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu, além do aeromédico estiveram no local, mas a vítima já estava em óbito. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Leia Também:  Acidente entre carro e caminhão deixa um morto na PR-466 em Turvo

Fonte: Tasabendo.com – Foto: Rafael Silvestrin

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Criança de 11 anos morre após tiro acidental em Apucarana

Publicados

em

Uma tragédia aconteceu na tarde de domingo, 23, em Apucarana, quando uma criança de apenas 11 anos morreu após ser baleada.
O menino teria sido atingido por um tiro acidental enquanto brincava com um adolescente de 15 anos. A vítima estava na casa do garoto. A arma seria um revólver calibre 38. O caso aconteceu no Residencial Solo Sagrado. O menino chegou a ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento, porém não resistiu aos ferimentos. A polícia investiga o caso. A arma seria de um vigilante.
Segundo o investigador Roberto Francisco, chefe do setor de homicídios, após o crime o adolescente deixou o local. “Nós estamos ouvindo testemunhas, fomos até o local onde ocorreu o disparo e eles estariam sozinhos na casa. O menino que morreu, tinha o costume de ir na casa do adolescente para jogar.
“Nós queremos descobrir como essa arma apareceu na casa do adolescente. A princípio após o disparo o adolescente ficou com medo e deixou o local. Na casa morava ele a mãe e irmãos. Estamos investigando,” finaliza Roberto.

Leia Também:  Homem de 47 morre em acidente na PR-466 em Pitanga


Fonte: Cobranews

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo