Cidades

Homem suspeito de cometer homicídio em Juranda foi preso nesta sexta-feira

Publicados

em

Nesta sexta-feira, 14, a equipe policial Cb. Willian e Sd. Carlos recebeu uma denúncia anônima dando conta que um indivíduo conhecido, morador na cidade de Juranda/PR, o mesmo que é suspeito de dois homicídios neste município, possuía em seu desfavor um mandado de prisão, o qual estaria na cidade com intuito de cometer crimes e se escondendo na residência de familiares, localizada nesta urbe.
De imediato a equipe deslocou-se ao local denunciado onde estaria o suspeito e ao se aproximar notou um rapaz se movimentando de forma rápida. Ao perceber a presença policial, o suspeito quebrou um aparelho celular que trazia consigo e no decorrer da abordagem o mesmo foi identificado. Ao ser verificado seus dados no sistema informatizado da Polícia Militar, constou-se que o sujeito tinha dois mandados em seu desfavor.
No decorrer de buscas no interior da residência, foi encontrado em uma geladeira uma porção de substância análoga a maconha. O indivíduo, ao ser indagado sobre a procedência da droga ilícita, informou ser para uso pessoal e não deu melhores detalhes onde comprou.
Diante dos fatos, o suspeito foi devidamente orientado dos seus direitos legais e encaminhado para exame de lesão corporal, na sequência conduzido juntamente com a droga até a Delegacia de Polícia Civil de Ubiratã para providências legais cabíveis. Ainda no local foi recolhido quatro aparelhos celulares e entregues na Delegacia para análise.

Leia Também:  Município de Nova Cantu Decreta Situação de Emergência Por Causa da Dengue

Fonte: Cidade Portal

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Criança de 11 anos morre após tiro acidental em Apucarana

Publicados

em

Uma tragédia aconteceu na tarde de domingo, 23, em Apucarana, quando uma criança de apenas 11 anos morreu após ser baleada.
O menino teria sido atingido por um tiro acidental enquanto brincava com um adolescente de 15 anos. A vítima estava na casa do garoto. A arma seria um revólver calibre 38. O caso aconteceu no Residencial Solo Sagrado. O menino chegou a ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento, porém não resistiu aos ferimentos. A polícia investiga o caso. A arma seria de um vigilante.
Segundo o investigador Roberto Francisco, chefe do setor de homicídios, após o crime o adolescente deixou o local. “Nós estamos ouvindo testemunhas, fomos até o local onde ocorreu o disparo e eles estariam sozinhos na casa. O menino que morreu, tinha o costume de ir na casa do adolescente para jogar.
“Nós queremos descobrir como essa arma apareceu na casa do adolescente. A princípio após o disparo o adolescente ficou com medo e deixou o local. Na casa morava ele a mãe e irmãos. Estamos investigando,” finaliza Roberto.

Leia Também:  Assaltantes em fuga matam ciclista atropelado em Paranaguá


Fonte: Cobranews

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo