Estadual

Governo conclui confirmação de recursos do Paraná Mais Cidades

Publicados

em

O Governo do Estado conclui esta semana a rodada de autorizações para liberação de recursos do programa Paraná Mais Cidades, que começou há cerca de dois meses. Coordenado pela Casa Civil, o programa é uma parceria entre o Governo e a Assembleia Legislativa e conta com R$ 351 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e da devolução do exercício orçamentário do Legislativo.

Todos os municípios, sem exceção, estão sendo beneficiados pelo programa. O apoio aos municípios é formalizado por meio de convênios, por intermédio das secretarias envolvidas e com a indicação dos deputados estaduais.

“A receptividade tem sido muito positiva. Assim como todos os municípios recebem recursos, todos os deputados estaduais têm direito de fazer indicações”, explica o chefe da Casa Civil, Guto Silva. “É um programa que chega de forma ágil e rápida e vai atender milhares de paranaenses”, acrescenta.

INVESTIMENTOS – O Paraná Mais Cidades tem como foco fomentar o desenvolvimento e oferecer assistência e investimentos aos municípios do Paraná. O programa foi desenhado junto com os deputados estaduais para fazer com que os recursos cheguem na ponta e atendam áreas como infraestrutura, segurança pública e saúde, que impactam diretamente o cidadão.

Leia Também:  Cultura divulga resultado final do Edital do Audiovisual 2019

“Fizemos o dever de casa e o Paraná Mais Cidades é a prova disso. Ele é fruto da economia, do enxugamento da máquina pública e do corte de privilégios. Toda esta somatória de ações que permitiram ao governo, em conjunto com os deputados, repassar recursos para financiar obras e projetos nas cidades”, afirma Silva.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Estado arrecada R$ 5,1 milhões com venda de imóveis ociosos

Publicados

em

A primeira licitação para a venda de imóveis públicos ociosos ou sem destinação promovida pelo Governo do Estado arrecadou R$ 5.101.501,00. O certame desta sexta-feira (6) arrecadou 62% a mais do que o valor de referência. Dos 15 imóveis colocados à venda, os três vendidos arrecadaram mais da metade do valor total dos imóveis ofertados.

Dos imóveis vendidos, dois estão em Curitiba e um em Piraquara. A propriedade mais cara foi uma casa no bairro do Batel, em Curitiba, que tinha lance mínimo de R$ 1.279.478 e foi vendida por R$ 3,1 milhões. O segundo imóvel foi um terreno em Piraquara, que tinha lance mínimo de R$ 1,180 milhão e que foi vendido por R$ 1.250.500. A terceira venda foi do lote de número seis, um terreno no bairro de Santa Felicidade, em Curitiba, no valor de R$ 801.001 mil. O lance mínimo para o lote era de R$ 691 mil.

Para a diretora do Departamento de Patrimônio da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, Marta Guizelini, o resultado da licitação foi bastante satisfatório. “Temos feito um grande trabalho para regularizar os imóveis e a venda dos ociosos é primordial para que o Estado se desonere, deixando de ter gastos desnecessários com manutenções e segurança, por exemplo, e invista os recursos arrecadados em áreas essenciais”, explicou.

Leia Também:  Comec altera duas linhas de Pinhais

Em 2020, o Estado deve publicar novo edital para a venda de outros imóveis sem uso no Paraná.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo