Carros e Motos

Conheça os 5 sedãs de entrada que menos perdem valor depois de um ano

Publicados

em

source

O ranking de Maior Valor de Revenda da Agência AutoInforme já é tradição, oferecendo um direcionamento aos consumidores na hora de fechar a compra de um carro novo. A depreciação é um dos principais tópicos observados pelos clientes na aquisição de um veículo, ainda mais se a intenção for trocar de carro todos os anos.

LEIA MAIS: Veja os 5 hatches que menos perdem valor após um ano

Com base nos dados coletados no mercado – considerando veículos que não tiveram alterações nos últimos doze meses – a Agência AutoInforme enumera os 5 sedãs de entrada que menos depreciaram no primeiro ano em 2019. Acompanhe a lista.

1 – Chevrolet Prisma – depreciação de -7,7%

Chevrolet Prisma arrow-options
Roberto Assunção

Chevrolet Prisma é o campeão quando o quesito é segurar o valor para a revenda

O Prisma mudou de nome na linha 2020, adotando o nome Onix Plus Joy. Mas como esteve em linha na maior parte do ano, entra para o ranking da Agência AutoInforme como o sedã de entrada que menos perdeu valor em 2019. A depreciação é de apenas – 7,7%.no primeiro ano de uso.

Enquanto esteve no mercado como Prisma em 2019, o modelo foi vendido com motores 1.0 e 14 (de 80 cv e 104 cv, respectivamente). Destaque para os modelos LTZ, que além de contarem com sistema de conectividade MyLink, também integram câmbio automático de seis velocidades.

Leia Também:  Volvo S60 T5 Inscription: liberal na economia, conservador nos costumes

2 – Hyundai HB20S – depreciação de -9%

Hyundai HB20 arrow-options
Divulgação

O Hyundai HB20S fica com a medalha de prata entre os sedãs compactos que menos perdem valor

Abaixo do Prisma, surge o Hyundai HB20S da antiga geração. De acordo com o estudo publicado pela AutoInforme, o sedã de entrada da marca coreana perdeu apenas -9% de seu valor durante o primeiro ano de uso, conquistando a medalha de prata.

Nessa geração, o HB20 era vendido com duas motorizações: 1.0 de três cilindros capaz de entregar 80 cv de potência e 1.6 de 128 cv. Este último ainda poderia ser combinado ao câmbio automático de seis velocidades.

3 – Fiat Grand Siena – depreciação de – 9,7%

Fiat Grand Siena arrow-options
Divulgação

Fiat Grand Siena tem apenas duas versões no Brasil, trazendo também a pré-disposição para kit-GNV

Após o lançamento do Cronos, o Fiat Grand Siena ficou um pouco esquecido no mercado brasileiro. Mas o sedã de entrada da marca italiana resiste, e conta com um dos melhores valores de revenda do mercado. Após um ano, sua depreciação é de apenas – 9,7%.

LEIA MAIS: Veja os 5 hatches com os seguros mais caros do Brasil

Leia Também:  Novo Chevrolet Onix aparece com traje esporte e sem disfarces

O modelo tem três versões no mercado brasileiro: 1.0 Attractive de 75 cv de potência e 1.4 Attractive de 88 cv, sempre com transmissão manual de cinco velocidades. O cliente ainda pode equipar o modelo de fábrica com pré-disposição para kit-GNV.

4 – Ford Ka Sedan – depreciação de -10,5%

Ford Ka Sedan 2019 arrow-options
Caue Lira/iG

Ford Ka Sedan é o quarto colocado na lista dos modelos que menos perdem valor após um ano

A boa notícia para quem pretende comprar um Ford Ka Sedan : o modelo desvaloriza apenas -10,5% no primeiro ano de uso, de acordo com o levantamento publicado pela Agência AutoInforme.

As versões básicas do Ka Sedan trazem o motor 1.0 de 85 cv de potência (um dos mais potentes do mercado entre os aspirados). Os pacotes intermediários já trazem o 1.5 de três cilindros com 136 cv de potência e câmbio de cinco velocidades, enquanto os modelos mais caros surgem com câmbio automático de cinco velocidades.

5 – Toyota Etios Sedan – depreciação de -11,1%

Toyota Etios Sedan arrow-options
Divulgação

A linha do Toyota Etios Sedan ficou mais enxuta após a chegada do Yaris

Finalizando o levantamento dos cinco que menos perdem valor da Agência AutoInforme, o Toyota Etios Sedan registra depreciação de apenas -11,1%, ficando na quinta colocação entre os sedãs compactos.

LEIA MAIS: Veja os 5 carros seminovos mais baratos e fáceis de consertar, segundo o CESVI

Na versão Sedan, ele é vendido exclusivamente com motor 1.5 de 107 cv de potência, com câmbio manual de seis velocidades ou automático de quatro. Vale lembrar que após o lançamento do Yaris, a Toyota optou por versões mais enxutas do Etios – a fim de não canibalizar os modelos.

Fonte: IG CARROS
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

VW revela nome do “SUV do Polo”: Nivus. Saiba mais detalhes da novidade

Publicados

em

source
VW Nivus arrow-options
Divulgação

VW Nivus: novo SUV com ares de cupê chegará para fazer parte da linha de utilitário esportivos da marca em 2020

A VW decide acabar com o mistério e revela o nome do novo SUV com jeito de cupê que vai lançar na primeira metade do ano que vem. O carro vai se chamar Nivus e terá a mesma base do VW Polo, a MQB, assim como o T-Cross e outros. A principal diferença será o estilo mais esportivo, como mostra o video teaser divulgado pela fabricante.

LEIA MAIS: Confira quais serão os novos modelos da VW no Brasil até 2025

Também é possível notar pelas imagens que a traseira do VW Nivus terá lanternas de LED com máscara preta, assim como no T-Cross. Mas no VW Nivus o estilo será mais arrojado, com formas mais delgadas. A linha da capota que vai descendo em direção à parte de trás do carro também é outra característica exclusiva da novidade.

O novo VW Nivus será fabricado em São Bernardo do Campo (SP), onde também são fabricados Polo e Virtus, dos quais o novo SUV vai utilizar uma série de componentes, inclusive do conjunto mecânico. O motor será o 1.0, turbo flex, de 128 cv e 20,4 kgfm de torque a 2.000 rpm. E o câmbio, automático, de seis marchas, com hastes atrás do volante para trocas sequenciais. 

Leia Também:  Testamos o Suzuki Jimny Sierra como carro do dia a dia na cidade

LEIA MAIS: VW revela novo SUV que deve chegar ao Brasil no fim do ano que vem



Além do VW Nivus

VW Tarek azul arrow-options
Divulgação

VW Tarek: novo SUV médio será lançado no início de 2021 com o Jeep Compass na alça de mira

Na ofensiva de lançamentos de SUVs da Volkswagen também está previsto o modelo médio Tarek, cujas primeiras unidades pré-série vão começar a sair da linha de montagem em El Palomar (Argentina) no início de 2020. A campanha publicitária começará em outubro. E a produção em série apenas em janeiro de 2021, quando o carro chegará nas lojas.

O VW Tarek é um SUV médio que vai ter entre os principais concorrentes do Jeep Compass. O modelo será oferecido na América Latina com motor 1.4 TSI de 150 cv e câmbio automático, de seis marchas . Versões manuais ou com tração 4×4 estão fora de cogitação. 

 Volkswagen confirma produção do Tarek na Argentina para o final de 2020

 Pelo o que se sabe até agora o novo SUV terá os mesmos 4,45 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,63 m de altura e 2,69 m de entre-eixos do modelo apresentado na China. E a fabricante promete que o VW Tarek conseguirá nota máxima dos testes de colisão do Latin NCAP. Será um modelo acima do VW Nivus .

Leia Também:  Nissan Frontier 2020 chega às lojas com novas cores e acessórios
Fonte: IG CARROS
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo