Estadual

Celepar aproxima idosos a suas famílias com tecnologia

Publicados

em

.

Com a pandemia do novo coronavírus batendo à porta no Paraná e atingindo outros estados com a obrigatoriedade das pessoas acima de 60 anos se isolarem em casa, surgem outros problemas, como o afastamento da família. De uma hora para outra a terceira idade deixou de receber visitas, amigos e familiares.

Mas essa realidade está sendo bem diferente para Teresinha Capra Carvalho que, aos 85 anos se inscreveu no curso de smartphone, oferecido pela Celepar. “Eu consegui aprender e ganhei até diploma. Não imagina minha alegria. Moro sozinha e estou encantada com o YouTube. Posso ver o mundo pelo meu telefone”, disse.

Já para Marley Almendro Siqueira, de 60 anos, a solidão do isolamento deu lugar a conversas longas com a família usando as redes sociais e aplicativos de mensagens. “No curso da Celepar aprendi a usar as redes sociais e agora consigo conversar com os amigos e familiares. Nesses tempos difíceis com o novo coronavírus, mesmo isolada a tristeza fica de lado e o celular é um passatempo para mim”.

Leia Também:  Comec informa sobre funcionamento do transporte na RMC

O curso já formou mais de oito mil idosos desde 2016 e durante um dia inteiro eles aprendem a baixar aplicativos, criar e-mail, entrar na rede social, conversar com os amigos por aplicativos de mensagens, abrir páginas da internet e tudo isso em um ambiente descontraído e com a transmissão de conhecimento dos colaboradores da Celepar.

Ao final do curso cada participante recebe certificado, ingressa e se integra com o universo digital, como o caso da Cecília de Lima Carvalho. “Adorei o curso, os professores são excelentes e dedicados, são momentos maravilhosos onde aprendo a mexer no telefone e também faço muitas amizades. Esses dias de curso são como se fosse uma terapia. Agradeço pela oportunidade de participar”.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Paraná soma 466 casos e registra mais três óbitos por coronavírus

Publicados

em

.

O boletim divulgado nesta segunda-feira (06) pela Secretaria de Estado da Saúde confirma 21 novos casos de coronavírus e mais três óbitos. O Paraná soma agora 466 casos e 13 mortes pela Covid-19.

Uma paciente de Curitiba, de 56 anos, estava internada desde 29 de março e foi confirmada com a Covid-19 no dia 31. Um homem de 94 anos, também morador da Capital, estava internado desde o dia 1º deste mês, com confirmação para a doença no sábado (04). Ambos faleceram nesta segunda-feira (06). O outro óbito trata-se de uma mulher de 78 anos residente no município de Primeiro de Maio. Internada desde sexta-feira (03), faleceu neste domingo (05). As duas mulheres possuíam comorbidades.

Os novos casos são 12 homens e nove mulheres, com idades entre 22 e 88 anos, residentes de Londrina (9), Primeiro de Maio (1), Curitiba (3), Maringá (2), Cascavel (1), Mariópolis (1), Foz do Iguaçu (1) e Bandeirantes (1), além disso foram confirmados casos de São Paulo (2) notificados em Leópolis.

Leia Também:  Governo do Paraná amplia diálogo com a juventude

PARANÁ – De acordo com os dados da secretaria estadual, o Paraná soma agora 466 casos confirmados, 4.867 descartados e 156 em investigação.

Dos pacientes, 96 pacientes estão internados – 61 deles em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 35 em leitos clínicos.

Os 13 óbitos foram registrados nos municípios de Cascavel (1), Campo Mourão (3), Cianorte (1), Maringá (2), Santa Fé (1), Londrina (1), Quatiguá (1), Curitiba (2) e Primeiro de Maio (1).

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo