Mulher

Bebê cabeludo recebe o apelido de King Jong-Un e faz sucesso por aí

Publicados

em

source

Se você nasceu com muitos fios de cabelo , seus pais com certeza já te contaram curiosidades dessa fase com algum ar de nostalgia. Aparentemente, esse também será o futuro da pequena Nell Purser-Barif, de três meses, que chama atenção pelo grande volume no alto da cabeça. 

bebe arrow-options
Reprodução/SWNS

A pequena Nell, de três meses, faz sucesso por ser um bebê cabeludo

Com muito bom humor, os pais da menina deram um apelido baseado na semelhança física da bebê com o presidente do partido dos trabalhadores da Coreia, Kim Jong-Un. “O apelido acabou pegando entre meus amigos adultos e todo mundo se diverte”, diz Samantha, mãe de Nell.

Leia mais: Incrível! Bebê nasce com mecha de cabelo branco exatamente igual à mãe

De acordo com a britânica, a aparência física da filha foi uma surpresa para todos. “O irmão dela nasceu quase careca , com fios muito lisos e louros, como é até hoje. Por isso esperava que ela se parecesse com ele nesse aspecto”, explica. 

bebe arrow-options
Reprodução/SWNS

Samantha, mãe de Nell, diz que bebê faz muito sucesso entre adultos

À agência SWNS, Samantha ainda diz que a maioria dos seus amigos não acreditou que a aparência fosse duradoura. “Me disseram que depois de alguns dias os cabelos cairiam, mas não param de crescer”, diz.

Leia Também:  Em alta no mercado, óculos para maquiagem promete zero estresse ao se maquiar

Ainda segundo a mãe, os cabelos de Nell fazem mais sucesso do que ela imaginou. “As pessoas me param em lojas de brinquedos e de roupas para pegar nos cabelos dela”, diz. “A própria Nell adora brincar com os fios, sempre leva a mão à cabeça!”, completa ela, feliz pela aparência da filha. 

Fonte: IG Mulher
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mulher

24 de Fevereiro Dia da Conquista do Voto Feminino no Brasil

Publicados

em

Faz menos de um século que as mulheres conquistaram o direito de votar no Brasil . Mais precisamente, há 88 anos, em 24 de fevereiro de 1932 , o voto feminino passou a ser assegurado pela legislação brasileira. A vitória foi conquistada depois de mais de 50 anos de mobilização e luta dos movimentos feministas, que já reivindicavam o direito no final do século XIX, antes mesmo da proclamação da República . Hoje, as mulheres representam mais da metade dos brasileiros aptos a votar e têm o poder de definir uma eleição.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pai perde hamster da filha e conversa emocionante entre eles viraliza no Twitter
Continue lendo