Tecnologia

Amazon consegue suspensão de contrato da Microsoft com o Pentágono

Publicados

em

source

Olhar Digital

O contrato de US$ 10 bilhões da Microsoft com o Pentágono foi suspenso temporariamente. Um juiz emitiu uma liminar temporária contra o negócio até que um processo da Amazon fosse resolvido. As empresas travaram uma disputa para fornecer o serviço em nuvem da Infraestrutura de Defesa Empresarial Conjunta do Pentágono ( JEDI ), vencida pela Microsoft .

Como modelos de computador simulam a propagação do coronavírus

A Amazon alegou que perdeu o contrato bilionário por causa de uma animosidade pessoal do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , em relação ao CEO da empresa, Jeff Bezos , e ao jornal The Washington Post , que também é de propriedade do empresário. A Amazon argumentou que o processo de concessão do contrato apresentava “deficiências claras, erros e viés inconfundível”.

Como a decisão do juiz é selada, não se sabe o motivo oficial por trás disso. Uma versão editada da decisão deve ser divulgada em duas semanas, depois que o documento for revisado por ambas as partes para retirar informações sensíveis à concorrência.

Leia Também:  Robô com inteligência emocional vai ajudar astronautas

Trump está brigando com Bezos desde o início de seu mandato, chegando a ameaçar prejudicar o relacionamento da Amazon com o Serviço Postal dos EUA . Parte da hostilidade pode partir do fato de Bezos ser proprietário do Washington Post, que relatou vigorosamente os excessos do governo Trump. No início deste mês, o CEO trocou farpas com o consultor da Casa Branca , Peter Navarro , durante uma conversa não relacionada sobre produtos falsificados na Amazon.

Reprodução

O presidente Trump disse em julho que estava analisando o contrato após reclamações sobre o processo de licitação, dando origem a preocupações generalizadas sobre a influência política na decisão de compra. Em outubro, o contrato foi concedido à Microsoft .

Em um depoimento apresentado ontem, uma autoridade do Pentágono afirmou que qualquer atraso na implementação do novo sistema seria imensamente caro para o governo norte-americano, estimando “um prejuízo financeiro entre US$ 5 milhões e US$ 7 milhões mensais enquanto o cumprimento do contrato JEDI ( Joint Enterprise Defense Infrastructure ) está adiado”.

Uber permite chamar carro por ligação telefônica

Leia Também:  TikTok pode se tornar mais popular que o Instagram, diz criador do Snapchat

A Amazon pode acabar em uma situação desagradável se a empresa perder o caso. Como parte do pedido, a empresa é “orientada a fornecer segurança no valor de US$ 42 milhões para o pagamento dos custos e danos que possam ocorrer ou sofrer no caso de procedimentos futuros provarem que essa liminar foi emitida injustamente”.

A empresa de Jeff Bezos espera forçar Trump a avaliar diretamente o julgamento, procurando obrigar o presidente, o ex-secretário de Defesa , James Mattis , e o atual secretário de Defesa , Mark Esper , a testemunhar no caso. O juiz não se pronunciou sobre a moção para depor, e ainda não está claro se isso acontecerá.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

Carnaval em SP: empresas orientam mesclar aplicativos e transporte público

Publicados

em

source
app arrow-options
undefined

Transporte público é a forma recomendada de chegar até os blocos de Carnaval



O Carnaval já está acontecendo e, para chegar até os blocos de rua e as festas, muitos foliões optam pelos aplicativos de transporte particular, como Uber , Cabify , 99 e Lady Driver

Mas, segundo as próprias empresas, o melhor a se fazer durante o Carnaval é mesclar o uso de app com o uso de transporte público , planejando os trajetos antes. De acordo com a Cabify , “se deslocar com diversos modais pela cidade pode ser a escolha mais inteligente para que todos tenham tranquilidade em seu ir e vir”. 

Leia também: Para economizar, foliões levam bebidas para blocos e frustram ambulantes

A 99 também concorda que essa seja a melhor opção. Por isso, a empresa criou um mapa da cidade de São Paulo para o Carnaval . Nele, os usuários conseguem ver a lista de bloquinhos, bem como sua localização na malha de transporte público da cidade. 

O mapa é bastante completo e mostra qual estação está mais próxima de cada um dos principais blocos de rua  do Carnaval  da capital paulista. A ideia da 99 é que os foliões usem o transporte público como modal principal, e recorram ao transporte por aplicativo apenas para chegar até as estações. 

Leia Também:  Google, Amazon e Apple fazem parceria para desenvolver dispositivos inteligentes

Leia também: Grana extra no Carnaval 2020? Veja as dicas de quem já fatura com a folia

“A melhor maneira para chegar à maioria dos blocos é usar o transporte sobre trilhos. Nós criamos esta ação pensando em quem não mora no Centro Expandido da capital paulista ou próximo às estações, como forma de estimular a integração de modos de transporte. Nosso compromisso é contribuir para que as pessoas consigam e ir e vir com maior facilidade e economia”, afirma Stefano Manzolli, Gerente Regional de Marketing da 99 em São Paulo.

A ação mencionada por Manzolli se trata de descontos oferecidos pela empresa para viagens com origem ou destinos em estações de trem e metrô selecionadas. Durante o Carnaval , cada folião tem direito a 25% de desconto em até dez corridas do tipo. As estações contempladas estão descritas no mapa criado pela empresa .

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo